quarta-feira, 18 de agosto de 2010

V de Vingança


Ontem eu estava morrendo de sono, mas não consegui largar o filme V de Vingança, que eu já assisti umas 10 vezes. O filme trata a respeito de um governo autoritário que se mantém no poder através da imposição da violência e da censura, e o pior, com o consentimento da população. Na verdade, após a ascenção daquele governo ao poder, as pessoas se tornaram anestesiadas, não questionam os desmandos políticos, não possuem desejos particulares, apenas consomem aquilo que é permitido, ou disponibilizado pelo governo, pelo sistema estabelecido. Alguma diferença com a realidade do Brasil? Acho massa a cena em que um dos apresentadores da televisão, mostra uma 'Alcorão' para a personagem de Natalie Portman. O Alcorão tinha sido proibido pelo governo, mas o apresentador possui um, infrigindo a lei, pelo simples fato dele achar muito bela a poesia do livro. É exatamente neste momento que Estética e Idealismo se confundem. E na realidade acredito que uma é a mesma outra coisa, pois sem se estar atento ao que se sente, se não sabemos se agimos motivados por nossos sentimentos não é possível perseguir nossos ideais. Seremos sempre manobrados pelos outros, através da cultura estabelecida, através da mídia, através dos modismos, através da opinião dos outros. Uma vida com um objetivo é interessante, mas uma vida sustentada pela vontade de realização de um ideal é simplesmente perfeita!

10 comentários:

Edu O. disse...

Mel, estava sentindo falta de vc aqui! Não conheço este filme. Vou procurar. É fácil achar em locadora aqui em Salvador? Tudo tão difícil por essas bandas. Beijo

Melk disse...

Sim, Edu!
E a gente precisa se ver. Tenho encontrado, com muito prazer, a Nilzete!
Beeeeijos

Michel disse...

Grande MEL, postou... que bom.
Gostei muito do filme.
Agora a lista de filmes que nos deu está um tanto estranha... hehe, primeiro foi Jumper que não entendi muito bem porque estava na lista e agora número 21? Num sei acho que copiou e colou de algum lugar num sei qual!! hehehe... brincadeiras a parte, saudades de vc, bastante... Fiquei mega triste pois domingo ia comprar a passagem minha e da vanessa para passarmos o fim de semana com vcs na casa de praia, mas deixei pra comprar na segunda (16.08) pois o diney e o thiaguinho ficaram de me confirmar cedo se iam poder ir, quando me confirmaram para ir nos 4, fui comprar e adivinha? a promo acabou... ain ain ;```` Enfim... O filme toca bem no fundo e a parte que mais me emocionei foi quando ela estava sendo presa e foi solta sabendo a verdade... putz!!! dá vontade de passar por momentos assim, pois quando a visão abre daquele jeito nos deixa em transe. Bjão Mel

Melk disse...

É Micha!!!
As vezes para a gente verdadeiramente se libertar, precisamos compreender que é necessário abrir mão de muita coisa... Principalmente acerca do entendimento das coisas que nos dão prazer!

Confissões de uma borboleta disse...

Olá Mel...sou Karla, amiga de Disa.
Passei por aqui para me tornar sua seguidora...gostei do que escreveu. Já assisti esse filme, umas duas vezes. Muito bom. passarei por aqui mais vezes. Beijos

Just Thoughts disse...

Muito, muito, muito bom esse filme! Também já assisti diversas vezes e não me canso...

hugo disse...

Ja asisti tambem e ahei muito bom e idealista! Tem um outro filme que se trata tambem da falta de sentimentos é "Equilibrium" com Christian Bale. Não é tão intenso como o "v" mas é legal tambem se tiver oportunidade e não tiver asistido, asista!! Abraço

Bianca Moura disse...

Mel, amei os filmes que tem passado para a turma. Parecem ser chatos ou violentos, mas são muitos reflexivos. Não exite nada pior que na mira..kkkk

Melk disse...

Valeu, Bianca!!!
A finalidade será sempre a reflexão!
Abração

Melk disse...

Assisti Equilibrium, Hugo.
Mas achei muito exagerado. No entanto a possibilidade de se refletir acerca do tolhimento dos nossos sentimentos, demonstrado pelo filme é muito bacana. Porque hoje, inclusive, somos testemunhas de uma cultura de massa de cunho bizarro, fazendo as pessoa deixarem de ser o que são e o que gostam, para se adequarem ao grupo, à maioria, à massa.

 

unique tracker
Visitantes... Voltem sempre! ;^)